Alunos do Projeto “Cooperativa de Artistas” apresentam-se no Centro Cultural Arte em Construção”

No dia 19 de julho, aconteceu o encerramento dos cursos do primeiro semestre do Centro Cultural Arte em Construção. O evento tem por objetivo reunir os alunos de todos os cursos desenvolvidos pelo Instituto Pombas Urbanas para uma grande confraternização e troca de experiências.

A plateia ficou pequena para receber os amigos e familiares dos mais de 150 educandos dos Cursos de Teatro e Circo do projeto “Cooperativa de Artistas: Produzindo Caminhos Sustentáveis para a Vida”, que apresentaram cenas criadas durantes as aulas demonstrando o que aprenderam nos últimos meses.

“Teve muita coisa que eu aprendi que eu não entenderia se eu não tivesse no Curso. Acho que é uma evolução sabe. Eu quero seguir essa carreira” diz Vitória Celine, 13 anos, empolgada após sua primeira apresentação de teatro.

“O teatro pra mim é muito mágico. Aqui eu aprendo muitas coisas, a respeitar o próximo, a cooperar.” fala Jennifer Sophia, 16 anos, aluna da turma de iniciação ao teatro para jovens.

As cenas apresentadas por cada turma foram criadas de forma coletiva e as temáticas escolhidas foram diversas. Os alunos de Circo infantil por exemplo, criaram o ambiente de uma construção onde pernas de pau, bolinhas e claves de malabares transformavam-se em ferramentas de trabalho, criando imagens lúdicas e divertidas. Já os jovens da iniciação ao teatro, a partir da pesquisa corporal, representaram diferentes personagens como crianças, idosos, donas de casa, e trabalhadores retratando um pouco do cotidiano do bairro Cidade Tiradentes. E as crianças do Teatro Infantil não deixaram por menos, relatando de forma pra lá de divertidas as peripécias de dois meninos que encontram uma máquina do tempo e resolveram voltar ao dia do descobrimento do Brasil, misturando personagens históricos à lendas e brincadeiras de roda.

Para nós do Instituto Pombas Urbanas os cursos de iniciação artística vão muito além das técnicas de palco e representam uma forma de promover o desenvolvimento local, cultural e humano na comunidade onde atuamos.
As aulas acontecem como um espaço para o compartilhamento do saber que as crianças, adolescentes e jovens trazem de suas próprias experiências cotidianas, construindo e multiplicando conhecimentos. As habilidades artísticas são desenvolvidas juntamente com a ampliação da compreensão dos participantes sobre sua origem cultural, social e étnica. Nesta metodologia, o aluno exerce e amplia sua expressividade ao mesmo tempo em que desenvolve senso crítico como cidadãos e artistas.

E este processo artístico comunitário está alinhado com conceitos de arte que Lino Rojas (1942-2005) diretor e fundador do Grupo Pombas Urbanas acreditava e difundia. Lino concebia a arte como necessidade orgânica e complemento do crescimento e dizia que “Todos os seres humanos, sem distinção de classe e de raça, crescem criando suas características individuais de expressar-se; de comunicar-se. Portanto, todos podem ser atores e fazer arte, independente de suas individualidades.”

Por isto, os cursos não param por aqui! Neste mês de agosto, já terão início as novas turmas de teatro e circo pelo projeto “Cooperativa de Artistas: Produzindo Caminhos Sustentáveis para a Vida” contribuindo para a democratização do acesso a produção cultural no bairro Cidade Tiradentes.