A formação da Cia Teatral Aos Quatro Ventos teve inicio em 2010 a partir de cursos livres de iniciação teatral ministrados no Centro Cultural Arte em Construção, sob a coordenação de Marcos Kaju, ator do Grupo Pombas Urbanas.

Em 2011, o diretor cubano Rolando Hernandéz (Catedra de Teatro Jose Marti), veio ao Brasil para participar do projeto “Revoada: Por Uma Direção Coletiva de Teatro em Comunidade”, do Grupo Pombas Urbanas. Durante sua estadia, Rolando contribuiu com os processos de outros grupos do CCAC, dentre eles a Cia Teatral Aos Quatro Ventos, que inicia a partir de então, um estudo sobre o texto “El Gato Simple“ de Fidel Galbán Ramirez, dramaturgo e diretor cubano.
Fazendo uso do método das ações psicofísicas de Stanislavisky, o estudo contribuiu para a montagem de “A Gata ingênua”, primeiro espetáculo da Cia que é destinado a crianças e trata da importância da leitura e escrita. O grupo pesquisa uma linguagem lúdica e divertida que dialogue diretamente com seu público

Repertório

“A Gata Ingênua”

Em uma fazenda do interior, vive um casal de velhinhos, que tem como animal de estimação uma gata pra lá de preguiçosa. Nessa casa surge um rato devorador que vive acabando com a dispensa da fazenda, o casal se vê num problema que não sabem como resolver, assim, ambos ordena que a gata capture o rato, caso contrário ela irá morar na rua. A gata, assustada com a situação se vê obrigada a caçar o roedor, porém, por ser preguiçosa e ingênua ela não se importa em aprender a ler e escrever, por isso não sabe o que é um rato. O rato, muito esperto e malandro, se aproveita da situação e finge ser amigo da gata, dando falsas informações de como seria um rato, envolvendo os outros animais da fazenda nessa mentira, como: a galinha, o cachorro e até mesmo uma rã. A partir daí, eles embarcam em grandes confusões, despertando muita diversão e euforia no público.

Cooperativa de Artistas - Gata Ingênua
Cooperativa de Artistas - Gata Ingênua
Cooperativa de Artistas - Gata Ingênua
Cooperativa de Artistas - Gata Ingênua