II Encontrão promove diversão e fortalece vínculos entre participantes dos cursos de iniciação ao teatro e circo

II-ENCONTÃO-webNo dia 1° de novembro alunos das oficinas de iniciação ao teatro e circo que acontecem no CEU Inácio Monteiro, na Escola Estadual Barro Branco II e na EMEF Mailson Delaine juntaram-se aos do Centro Cultural Arte em Construção, para o II Encontrão de 2014. Durante o evento os artistas educadores que também integram os coletivos “Circo Teatro Palombar”, “Cia Teatral Aos Quatro ventos” e“Núcleo Teatral Filhos da Dita”, reuniram os jovens e crianças do projeto para que pudessem partilhar o que aprenderam no decorrer do semestre.

Entre brincadeiras e jogos corporais, todos se divertiram com as encenações improvisadas pelos colegas. Para o aluno João Vitor Souza Mariana, valeu demais comparecer ao Encontrão: “É ótimo participar. Me diverti muito e também fiz novos amigos.”

Enquanto as crianças se divertiam seus responsáveis participaram de um bate papo com os educadores do Projeto. “Foi muito bom receber os pais neste ambiente informal, longe daquele modelo tradicional das reuniões de escola. Para nós é muito importante que a família esteja presente, assim avaliamos juntos o desenvolvimento de cada aluno. Neste Encontrão ficou nítida a importância que as aulas têm na vida de todos. Tivemos relatos sobre aumento no interesse por leitura e consequentemente no rendimento escolar. Houve melhora até mesmo no diálogo entre pais e filhos, e isso é muito gratificante”, conta Rafael Pantoja, arte-educador de iniciação teatral.

Eliene Souza Santos tem dois filhos matriculados nas oficinas e conta como as aulas têm ajudado no desenvolvimento das crianças: “Antes de participar do projeto, o João Vitor, 11 anos, era muito tímido. Após iniciar no curso de teatro isso mudou e pude perceber até mesmo que as notas na escola melhoraram”, conta. Eliene também revela que a família toda acaba sendo influenciada pelo Projeto, porque todos esperam ansiosos pela peça de conclusão que é montada pelos próprios alunos e exibida ao final do semestre. “Todo mundo espera e nem pensa em faltar, pois é muito importante para nós acompanhar o desenvolvimento do João Vitor, que participa da oficina ao lado da irmã Beatriz Souza Mariana, de 9 anos.”

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

clear formSubmit